O que o futuro foi_mostra de vídeo
Carlos Sena Caires, Nuno Cera, Manuela Marques, André Cepeda, Pedro Diniz Reis, António Júlio Duarte + Filipe Felizardo

— Espaço Campanhã, Porto
— Laboratório das Artes, Guimarães
20 de Março a 14 de Abril e 24 de Setembro a 13 de Novembro, 2010

Cartaz da exposição

Press release

Foram convidados artistas que utilizam a imagem em movimento como medium privilegiado de expressão artística e também outros artistas que apenas a utilizam pontualmente – quais ilhas – na sua prática artística.

O título da mostra – O que o futuro foi – parte da constatação da fragilidade temporal da obra de arte com imagem em movimento. Esta constatação, quase paradoxal se pensarmos que estas obras se alicerçam no tempo, parece ser sugerida nas palavras de Michael Rush “Images, scanned into a computer, then edited, montaged, erased, or scrambled, can seem to collapse the normal barriers of past, present, and future”.

Press › Carlos Sena Caires
Press › Nuno Cera
Press › Manuela Marques
Press › André Cepeda
Press › Pedro Diniz Reis
Press › António Júlio Duarte + Filipe Felizardo

Vistas da exposição

© Carlos Sena Caires © Carlos Sena Caires © Carlos Sena Caires © estudio384 © estudio384 © estudio384 © Ana Janeiro © Ana Janeiro © Ana Janeiro © Pedro Diniz Reis © Pedro Diniz Reis © Pedro Diniz Reis © Hugo Pires © Hugo Pires © Hugo Pires