Fazer do fantasma uma pessoa viva
Bárbara Fonte, Çäo Pestana, Carla Castiajo, Maria José Oliveira e Rita Carreiro

Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio, Porto
18 de maio a 22 de setembro de 2019

CONVITE DA EXPOSIÇÃO

Sinopse

Ao iniciar este projeto, em praticamente todas as pesquisas que efetuei, constatei que Marta Ortigão Sampaio é definida através das sua relações familiares: filha de Vasco Ortigão, sobrinha das pintoras Aurélia e Sofia de Souza e sobrinha-neta do escritor Ramalho Ortigão. Em visitas recentes à Casa-Museu, na qual Marta nunca viveu, intrigou-me, também, a ausência da figura de Marta Ortigão Sampaio. Por estas razões, interessou-me que esta exposição questionasse as vivências e a presença de Marta nesta casa. Esta exposição é, também, o mote para questionar a invisibilidade à qual a Mulher continua a ser relegada.
Assim, dirigi o convite a cinco artistas, mulheres, e lancei-lhes o desafio de pensarmos juntas Marta Ortigão Sampaio, a sua invisibilidade e a invisibilidade das Mulheres.

Bárbara Fonte, Ção Pestana, Carla Castiajo, Maria José Oliveira e Rita Carreiro aceitaram o desafio e juntas fizemos a exposição Fazer do fantasma uma pessoa viva.